Hábitos que podem prejudicar a saúde sexual masculina

O estresse do dia a dia, a sobrecarga de trabalho e maus hábitos são apenas algumas coisas que podem prejudicar a saúde sexual masculina.

É claro que pode haver um problema físico, no entanto, talvez na maioria dos casos, são hábitos e erros que os homens cometem que acabam por reduzir o número de relações sexuais, e mesmo a qualidade dessas relações, impactando na saúde sexual masculina.

Hábitos que podem prejudicar a saúde sexual masculina

Da mesma forma que as mulheres, os homens também devem ser criativos e pensar em algo para apimentar a relação.

Mas, o primeiro passo, é se livrando de hábitos que podem prejudicar a saúde sexual masculina.

Por isso, vamos mostrar aqui alguns desses hábitos e o que o que você pode fazer para ter uma vida sexual mais saudável e melhor performance.

Veja quais hábitos que podem prejudicar a saúde sexual

Antes de mais nada, chegou a hora de parar de colocar a culpa de seus problemas na conta do destino, da genética ou até da sua parceira/o.

Na maioria das vezes, a saúde sexual masculina está associada a maus hábitos do dia a dia, e os homens nem percebem que é aquilo que pode estar causando o problema de ereção ou ejaculação precoce 

Há uma série de fatores que pode afetar o desempenho sexual, sejam físicos, psicológicos e emocionais.

Portanto, selecionamos quais hábitos podem estar atrapalhando o seu desempenho sexual:

Hábitos que podem prejudicar a saúde sexual

Beber álcool em excesso

O álcool desidrata, danifica o fígado e provoca o ganho de peso, mas também é um “calmante” que te impede de agir e prejudica sua capacidade de raciocínio.

Um pouco de álcool pode ser útil para desestressar e ficar mais bem-humorado, mas em excesso, é o pior inimigo para a saúde sexual masculina.

Hábitos que podem prejudicar a saúde sexual masculina

O estresse também impacta na saúde sexual masculina

Hoje em dia, seja por fatores pessoais ou profissionais, as pessoas convivem com altos níveis de estresse, o que contribui para a ejaculação precoce e impotência sexual.

Toda essa pressão faz com que o homem não consiga relaxar na hora do sexo, provocando a disfunção erétil.

Portanto, se possível, busque alternativas para reduzir o estresse, como dar uma caminhada ao ar livre, praticar um exercício, fazer uma meditação, enfim, tudo o que puder fazer para relaxar a mente.

Ansiedade

A ansiedade pode fazer com que você consuma mais álcool, se alimente de forma inadequada ou recorra ao cigarro para se sentir mais leve.

Por outro lado, a ansiedade pode ser tanta que influencie no momento da relação sexual, como ter uma ejaculação precoce ou dificuldade de ereção.

O ideal é buscar ajuda profissional, para procurar entender o que está acontecendo e aprender a lidar com a ansiedade.

Hábitos que podem prejudicar a saúde sexual masculina

A insônia pode interferir na saúde sexual do homem

Outro fator que pode interferir na saúde sexual masculina é a falta de descanso e não dormir as horas de sono suficientes.

À medida que o corpo está mais cansado, isso acaba afetando o fluxo sanguíneo para todo o corpo, prejudicando a ereção.

Hábitos que podem prejudicar a saúde sexual

Tabagismo

Todos sabemos que pessoas que fumam têm um risco muito maior de desenvolver hipertensão, doenças cardiovasculares, câncer de pulmão e até problemas sexuais.

Isso porque as artérias ficam mais estreitas, o que pode comprometer o fluxo sanguíneo para a região peniana, dificultando a ereção.

Se esse é o seu caso, tente abandonar o vício o quanto antes, mas se ainda tiver dificuldade de ereção, pode experimentar um desenvolvedor peniano, que com certeza, vai surpreender sua parceira/o. 

Fazer sempre a mesma coisa

Você deve experimentar diferentes posições sexuais porque o problema pode ser o tédio. Fazer a mesma coisa todo dia dá ao sexo a ideia de algo rotineiro e previsível.

Se você quiser uma ajudinha, vale a pena dar uma olhada em lojas de sex shop , porque têm uns brinquedinhos que podem deixar o sexo muito mais interessante. 

Não praticar exercícios físicos

Não se trata de ter um corpo perfeito e uma barriga de “tanquinho”, mas o exercício ajuda a aumentar a resistência e ter mais energia, o que pode melhorar a qualidade do sexo.

Além disso, atividades físicas regulares são extremamente benéficas para a sua saúde física e mental, e consequentemente, para a saúde do homem.

Má alimentação

Uma dieta rica em açúcares e gorduras não é nem um pouco saudável, e a longo prazo, causa a obstrução das artérias. O que afeta o transporte de sangue para todas as partes do corpo, inclusive o pênis.

Por isso, tente manter uma dieta equilibrada, com frutas, legumes e verduras, pois isso vai se refletir diretamente na sua performance sexual. Além de prevenir uma série de doenças.

Uso de medicamentos

O uso de alguns medicamentos, como antidepressivos, para tratar hipertensão e diabetes, por exemplo, quando em excesso, pode afetar a saúde sexual masculina.

Por exemplo, problemas de ereção, ejaculação precoce e diminuição de libido.

Daí a importância de tomar exatamente as dosagens recomendadas pelo médico.

Conclusão

Como você viu, é importante adotar hábitos saudáveis, não apenas para a sua saúde física e mental, mas também para a saúde sexual masculina.

Por outro lado, se mesmo eliminando esses maus hábitos, ainda perceber que sua vida sexual ainda tem algum problema. Vale a pena consultar um especialista para identificar o que pode estar acontecendo e tratar.

%d blogueiros gostam disto: